fbpx

O que é impressão 3D?

Mesmo que você já conheça e seja um expert, já deve ter precisado explicar o conceito para uma pessoa que não é da área. Embora a pergunta pareça ultrapassada estamos vendo um grande número de iniciantes na tecnologia e gostaríamos de tirar as principais dúvidas do mundo da impressão 3D.

Afinal, o que é impressão 3D?

Impressão 3D é o nome popular de tecnologias que chamamos de Manufatura Aditiva. Aditivas porque construímos objetos a partir de uma mesa vazia, vamos adicionando o material em forma de camadas. Em contrapartida, temos a manufatura subtrativa, que seria a usinagem de material a partir de um bloco, como fazer um furo em uma parede ou serrar um cano.

A impressão 3D tornou-se conhecida a partir de 2009 com a popularização das impressoras replicáveis de baixo custo, que funcionam com filamento de plástico. De maneira jacosa podemos pensar na impressora 3D de filamento como uma pistola de cola quente montada em uma máquina CNC. Não existe somente a impressão por filamento, mas também por pó e resinas líquidas, sendo aplicável em plásticos, metais, cerâmicos, chocolate, material biológico e muitos outros.

Qual o passo a passo para imprimir algo?

Toda impressão 3D nasce de um arquivo digital. Você precisa ter um modelo virtual do objeto que irá imprimir chamado CAD. Em seguida o modelo é fatiado por um software. Esse fatiador é responsável pelo set-up de impressão: qual a temperatura que irá usar, qual a velocidade, etc. Depois de impresso ainda é possível fazer o pós-processamento, pintar a peça, lixar, cortar e colar.

Posso fazer impressão 3D a partir de uma foto?

Não! Qualquer impressão 3D parte de um objeto tridimensional, o que conhecemos como CAD. Uma imagem é uma figura 2D do objeto e não passa todas as informações de medidas, dimensão e volume da peça. Você pode sim usar uma foto para iniciar o desenho do CAD, mas imprimir diretamente dele não. Já existem aplicativos de celular que permitem você tirar várias fotos de um objeto em vários ângulos e depois juntar tudo em um arquivo para impressão.

Devo comprar uma impressora logo de cara?

Depende muito do perfil e do tempo que você pode dedicar. A impressora 3D não é igual a uma impressora de jato de tinta que você tira da caixa e começa a usar. É uma mini máquina que demanda manutenção, matéria prima, ligações elétricas e controles de temperatura. Nós sugerimos que você compre uma peça impressa primeiro. Avalie a qualidade da superfície, veja se está de acordo com o seu objetivo. Depois disso fazer alguns cursos de CAD e assistir vídeos de softwares de fatiamento ajudam muito. Por fim invista em uma máquina, que pode ser comprada desmontada ou montada e calibrada para uso. No Brasil já existem fabricantes nacionais de impressoras e de filamentos, o que ajuda muito no preço.

Qual o melhor material?

O melhor material dependerá da aplicação. Vamos dar 3 exemplos práticos:

1° Você quer um objeto visual, como um objeto de decoração ou um protótipo visual com bom acabamento superficial? Escolha o PLA. Plástico para a maioria dos iniciantes pois contrai pouco e tem acabamento excepcional. Já existem famílias de PLA reforçados com fibras que permitem aguentar maiores esforços.

2°Para projetos que envolvem maior esforço mecânico e que precisam garantir resistência a opção mais acessível e disponível no mercado é o ABS. Porém, é preciso tomar cuidado com a contração do material, que pode alterar o dimensional da peça final.

3°O melhor dos dois mundos: baixa contração e boa resistência, sugerimos o PETG. Com base similar às garrafas PET, o material garante boa resistência mecânica e fácil manuseio na hora de impressão. O seu preço é um pouco acima do PLA e do ABS, mas vale a pena conferir.

Quem está usando impressão 3D?

Além de uso caseiro para hobby a impressão 3D está sendo levada muito a sério na Indústria. Pela vantagem de permitir uma produção customizada, as empresas estão imprimindo partes de componentes que utilizam nas suas linhas de produção.

Ao invés de investir pesado em moldes de injeção ou comprar lotes mínimos de peças, a pessoa pode imprimir as peças que precisa conforme a demanda, com estoque mínimo. A fabricação de protótipos sempre foi um ponto forte para a impressão 3D, pelo fato de poder ter a sua ideia na palma da mão.

Esperamos ter tirado as principais dúvidas e em breve publicaremos mais conteúdos para você conhecer mais sobre a impressão 3D.

×

Powered by WhatsApp Chat

×